Roger Abdelmassih é preso no Paraguai

Postado em Brasil por em 19 de agosto de 2014
 / Foto: Fotos Públicas

Foto: Fotos Públicas

O médico brasileiro Roger Abdelmassih, condenado a 278 anos por abusar de 39 mulheres em São Paulo, foi detido nesta terça-feira 19, em Assunção, capital do Paraguai.

Abdelmassih, que abusava de suas vítimas durante a anestesia que realizava para as sessões de inseminação artificial, foi identificado pelas forças de segurança paraguaias durante uma operação de rotina da polícia municipal de Assunção e a Polícia Nacional para verificação de documentos.

O médico brasileiro, de 77 anos, foi detido no bairro de Villa Morra, uma das áreas mais caras da capital paraguaia. Abdelmassih residia em uma luxuosa casa com sua mulher de 37 anos.

Quando os policiais verificavam os documentos do fugitivo da Justiça brasileira perceberam que era buscado pela Interpol. A detenção ocorreu na hora do almoço.

EFE

Abdelmassih foi colocado à disposição da Justiça e será extraditado para Foz do Iguaçu. Ele dormirá na carceragem da Polícia Federal e, na quarta-feira, deve seguir de avião para São Paulo.

O secretário antidroga, Luis Rojas, e o diretor do Departamento de Migrações, Enrique Kronaweter, farão uma coletiva de imprensa durante esta tarde. A imprensa paraguaia chama Abdelmassih de “o doutor Terror”.

Fonte: O Estadão

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *