Ex-prefeito de Tuparetama nega desvio de recursos

Postado em Sem categoria por em 12 de novembro de 2014

Por Anchieta Santos

Por meio de nota divulgada nesta terça-feira (11), o ex-prefeito do município de Tuparetama, Sávio Torres (PTB), negou a prática de irregularidades na contratação de artistas com recursos do Ministério do Turismo para os seguintes eventos em sua cidade: Festa Junina (2008), Réveillon (2008), Tupã Folia (2009) e Revivendo o São João (2009). Por supostamente não ter prestado contas desses recursos, o Ministério Público Federal ajuizou na última sexta-feira quatro ações penais e quatro de improbidade administrativa contra o ex-prefeito.

Na nota, Torres afirma que “apesar de respeitarmos a instituição Ministério Público Federal, entendemos que as ações promovidas foram intentadas de forma açodada e sem o devido cuidado necessário que lides deste porte requerem, já que os pontos tidos por irregulares serão totalmente justificados perante o Poder Judiciário”.

Afirma também não haver evidência de nenhum dano causado ao erário público nos eventos listados, “pois o MPF não questiona a realização física dos shows ou sequer aponta eventual sobrepreço nos valores contratados”.  “Toda insurgência diz respeito a supostas falhas formais em processos licitatórios, comuns nesse tipo de contratação”, que não teriam o condão de ensejar improbidade administrativa. “Portanto”, conclui a nota do ex-prefeito, “não temos a menor dúvida de que todas as perguntas e questionamentos serão prontamente respondidos e que a justiça não tardará em nos inocentar de todas essas acusações infundadas”.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *